protecao

Quando o serviço de proteção veicular é indicado? Confira o que é e como funciona, quais as indicações e as vantagens desse tipo de serviço para assegurar seu veículo!

A proteção veicular é uma modalidade de serviço que tem como objetivo garantir segurança e suporte aos proprietários de veículos contra uma série de eventualidades, como acidentes, furtos, roubos e até assistência em casos de problemas mecânicos.

Diferenciando-se dos seguros tradicionais de automóveis por seu modelo associativo e pela ausência da figura das seguradoras, a proteção veicular é oferecida por associações ou cooperativas que visam à mutualidade de custos entre os seus associados.

A importância desse serviço é destacada pela tranquilidade e pela segurança financeira que oferece aos motoristas, possibilitando que os mesmos enfrentam imprevistos sem arcar com o peso total dos prejuízos decorrentes de sinistros.

Quando o serviço de proteção veicular é indicado?

A escolha pela proteção veicular deve considerar o estilo de vida do condutor, o uso do automóvel e as condições de risco às quais o veículo está exposto. A seguir, abordaremos situações nas quais a contratação desse serviço se mostra essencial:

1. Custo-benefício:

Para condutores que buscam opções mais acessíveis do que as oferecidas pelas seguradoras tradicionais, a proteção veicular surge como uma alternativa vantajosa.

Com mensalidades mais em conta e uma estrutura baseada no apoio mútuo dos associados, ela atende especialmente a quem possui veículos mais antigos ou aqueles cujo perfil não se enquadra nas tabelas de risco das seguradoras convencionais.

2. Veículos mais antigos:

Proprietários de veículos antigos muitas vezes não encontram cobertura no mercado tradicional de seguros, ou são confrontados com valores proibitivos.

A proteção veicular pode ser personalizada para atender essa categoria de veículos, proporcionando uma solução viável para garantir sua preservação e continuidade de uso.

3. Regiões com altos índices de furtos e roubos:

Se você reside ou transita frequentemente por áreas com alta incidência de crimes relacionados a automóveis, investir em proteção veicular se torna quase indispensável. Essa proteção tende a cobrir tais sinistros, garantindo maior paz de espírito ao motorista.

4. Uso intenso do veículo:

Motoristas que dependem do carro para trabalho ou que o utilizam intensivamente tendem a expor o veículo a um risco maior.

Se esse é seu caso, seja como representante comercial ou motorista de aplicativos, contar com a proteção veicular pode evitar prejuízos significativos em caso de incidentes.

5. Coberturas adicionais:

Além dos casos mais comuns de sinistros, muitas associações oferecem pacotes que incluem serviços adicionais valiosos, como assistência 24 horas para problemas mecânicos ou elétricos, chaveiro e até mesmo carro reserva.

Para quem deseja ter um amparo abrangente nas estradas, esses serviços adicionais tornam o dispositivo ainda mais atrativo.

6. Ausência de análise de perfil ou bonificação:

As seguradoras convencionais costumam analisar o perfil do condutor e aplicar bônus por anos sem sinistros.

Já na proteção veicular há menos burocracia nesse sentido, podendo ser mais interessante para quem sofreu reajustes elevados em seu seguro ou possui histórico recente de sinistros.

7. Partilha dos Prejuízos entre Associados:

As pessoas que se sentem confortáveis com um sistema onde há uma partilha igualitária dos custos decorrentes dos prejuízos entre todos os associados podem preferir esta modalidade. É um princípio baseado na colaboração mútua pelo bem comum.

8. Simplicidade e Rapidez no Processo Indenizatório:

As associações focadas em proteção veicular geralmente oferecem um processo mais simples e rápido para análise e pagamento das indenizações quando comparadas às seguradoras tradicionais que podem demandar procedimentos mais complexos.

9. Falta de Reservas Financeiras para Emergências:

Para quem não possui uma reserva financeira sólida capaz de absorver prejuízos derivados de danos ao veículo, entrar para uma comunidade protetora pode salvaguardar contra dificuldades econômicas inesperadas.

Antes da contratação da proteção veicular, é importante analisar as condições gerais da associação ou cooperativa escolhida, entender detalhadamente as coberturas oferecidas, os limites da participação do associado nos custos dos sinistros (conhecidos como “franquia” nas seguradoras tradicionais), a reputação da empresa perante o mercado e os consumidores, assim como as exigências contratuais envolvidas.

Vantagens de contratar proteção veicular

Contratar proteção veicular pode ser uma opção atraente para muitos motoristas que buscam salvaguardar seu automóvel contra imprevistos do dia a dia. A proteção veicular difere-se do seguro automotivo tradicional principalmente por ser oferecida por associações ou clubes de proteção mútua, e não por seguradoras.

Este tipo de serviço pode oferecer diferentes benefícios, e enquanto escolher proteção veicular pode não ser para todos, alguns podem encontrar nela uma alternativa mais acessível e adequada às suas necessidades.

Abaixo estão algumas vantagens da contratação de proteção veicular:

1. Preço:

Muitas vezes, a proteção veicular apresenta um custo mensal mais baixo do que seguros de automóveis tradicionais, tornando-se uma opção econômica para proprietários de veículos que desejam algum nível de proteção sem os altos prêmios de seguros.

2. Cobertura ampliada:

Algumas associações de proteção veicular oferecem cobertura contra roubos, furtos, colisões e até mesmo fenômenos da natureza como enchentes e granizo.

Além disso, podem incluir serviços adicionais como guincho, assistência 24h, cobertura para terceiros e carros reservas.

3. Sem Análise de Perfil:

Enquanto seguros automobilísticos frequentemente baseiam seus preços em análises complexas do perfil do condutor (idade, sexo, histórico de condução, etc.), a proteção veicular geralmente não realiza essas distinções, oferecendo planos mais uniformes.

4. Participação na gestão:

Membros de cooperativas ou associações de proteção veicular muitas vezes têm direito a voz ativa nas políticas e gestão da associação, podendo influenciar decisões e a forma como a organização é conduzida.

5. Facilidade na Contratação:

O processo para aderir à proteção veicular pode ser menos burocrático se comparado ao seguro tradicional, com aprovação mais rápida e menos exigências documentais.

6. Foco Comunitário:

Proteções veiculares funcionam em um sistema de rateio, que é basicamente uma subdivisão das despesas entre os associados em caso de sinistros. Isso gera um sentido de comunidade e suporte mútuo entre os membros.

Apesar dessas vantagens, é importante também estar ciente das limitações e diferenças da proteção veicular em comparação com o seguro tradicional.

Por exemplo, a regulamentação é diferente – enquanto seguradoras são reguladas pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), associações de proteção não têm o mesmo grau de supervisão.

Além disso, no caso raro da associação enfrentar problemas financeiros, os membros podem ter sua cobertura afetada.

Portanto, ao considerar contratar proteção veicular é essencial pesquisar minuciosamente as opções disponíveis, comparar cuidadosamente os serviços e coberturas oferecidas, verificar a reputação e histórico da associação ou cooperativa e entender todos os aspectos do contrato antes da assinatura.

A decisão por adotar a proteção veicular deve ser tomada após cuidadosa reflexão sobre as necessidades individuais do proprietário do veículo e suas circunstâncias peculiares de uso do mesmo.Dessa maneira, é possível selecionar um serviço adaptado à realidade específica do condutor e que ofereça suporte adequado frente aos desafios enfrentados no cotidiano automotivo.

Deixe um comentário